fbpx

4 TÉCNICAS INFALÍVEIS PARA APRENDER UM NOVO IDIOMA

//4 TÉCNICAS INFALÍVEIS PARA APRENDER UM NOVO IDIOMA

Então você se vê louco para fazer um intercâmbio na Nova Zelândia, fazer uma viagem pelos Estados Unidos, ou passar uma temporada surfando na Austrália e, para aproveitar melhor a experiência, decidiu fazer um curso de idioma. Aí, enquanto você está sentado na sala de casa tentando memorizar algumas palavras novas neste novo idioma, vem aquela frase na cabeça: “Nunca vou aprender isso”. Mas confie em nós pois entendemos perfeitamente o que você está sentindo. Aprender um novo idioma não é fácil como fazer um cafézinho – mas também não é impossível. Na realidade, temos 4 técnicas infalíveis para ajudá-lo a aprender um novo idioma, rapidamente.

Claro que, como qualquer coisa que vale a pena, aprender uma nova língua requere dedicação. Lembre-se: essas técnicas não são truques. Mas são efetivas. Para saber o quanto, tudo o que precisa é fazer é ter comprometimento. Preparado?

1. FALE COM SERES HUMANOS

Sim. E reais, se possível. Desde que começamos a usar vários aparelhos tecnológicos diariamente, temos a sensação de que tudo pode ser ensinado, aprendido e praticado sem interação pessoal. Quer fazer um mestrado? Faça um curso online. Precisa de uma receita? Dá um google. Quer aprender uma nova língua? Baixe um app. É verdade que a internet pode ajudar em muitas coisas, mas para aprender a seu comunicar em outro idioma, é essencial que você converse com nativos (e o mais rápido possível!).

2. USE NOVAS PALAVRAS O QUANTO ANTES

Muitos estudantes de línguas escrevem listas de novas palavras em suas anotações, e depois nunca as usa na vida real. Apesar de ser bom listar novas palavras, isso não é suficiente. Portanto, a próxima vez que ouvir uma palavra diferente, não anote: certifique-se que irá usá-la o mais rápido possível e o maior número de vezes. Basta dizê-la, escrevê-la numa frase, procurar o seu substantivo, verbo ou adjetivo, e pergunte aos seus amigos nativos as questões sobre este termo.

3. FAÇA MUITAS PERGUNTAS

Não seja tímido: professores adoram os estudantes que fazem perguntas! Não sabe o que perguntar? Escrevam uma lista de questões gerais na parte de trás do seu caderno e use-as durante a sua aula.

As melhores perguntas são: “Essa palavra é usada em situações formais ou informais?”; “Pode sugerir algum sinônimo/antônimo?”; “Tem o mesmo significado no Chile/Espanha/Honduras?” (se o idoma em questão for espanhol, por exemplo).
Um site que vai lhe ajudar a aprender algumas coisas sozinho é o Wordreference.com, e claro, peça ajuda sempre aos seus amigos nativos.

4. COMECE COM O QUE REALMENTE PRECISA

Imagine que você acabou de aterrissar na Nova Zelândia e está pronto para começar um semestre acadêmico no exterior e terá que falar com espanhóis a todo momento. Pense como essas conversas poderão ocorrer. A gente aposta que você não vai começar a conversa com assuntos como arte ou política, certo? Pense nas situações em que vai estar – por exemplo: Estou perdido (tópicos: andar pela cidade, transporte público, visitas à cidade). Quero comer (tópicos: fome (rs), ir ao supermercado). Fazer amigos (tópicos: fazer perguntas pessoais, falar com família e amigos). Assim que identificar as suas áreas de vocabulário, foque aí as suas energias. Tornará a sua experiência mais agradável!

 

 

Olá, seja bem-vindo! Este aviso é apenas para lembrá-lo de CURTIR a Fanpage da BGLOBAL. Continue ligado nas novidades. Obrigado!

CLOSE